20 de Julho 2023

Está empreendendo? Veja os principais erros e como evitá-los

Está empreendendo? Veja os principais erros e como evitá-los

A rotina de acordar todos os dias e ir trabalhar na mesma empresa durante anos e estabelecendo, dessa forma, uma carreira dentro desta organização, é um objetivo bastante comum de gerações que enxergavam em seus empregos uma possibilidade de estabilidade.

Atualmente, com as novas formas de trabalho, diferentes modalidades e tecnologias que podem ser empregadas, a forma de enxergar a própria carreira também mudou.

Essas transformações estão levando muitos profissionais que já estavam com um início de carreira já bem delimitado a buscarem novos objetivos, o de empreender.

Seja para trabalhar com aquilo que sempre sonharam ou serem os líderes diferentes daqueles que tiveram ao longo dos anos, são dezenas as motivações que levam alguém a empreender.

Uma delas pode ser totalmente diferente dessas que mencionamos anteriormente.

A economia voltando a crescer depois da pandemia de Covid-19, por exemplo, propicia um contexto extremamente promissor para aqueles que desejam finalmente colocar seus planos de empreender em prática.

Mas apesar desse contexto econômico, existem uma série de desafios e é muito comum que empreendimentos não atinjam o sucesso esperado pelos seus idealizadores.

Neste artigo nós reunimos alguns dos principais erros cometidos por empreendedores e elencamos dicas de como evitá-los.

Vamos lá?

Investir na abertura de um negócio sem conhecer a fundo aquela área

A economia é extremamente dinâmica e sabendo disso, existem vários ramos que em alguns momentos permanecem em maior evidência do que em outros.

Mas apesar disso, é importante considerar investir na abertura de um empreendimento que você de fato conheça, não apenas uma área que esteja em alta.

Esse conhecimento é essencial para saber do comportamento do público-alvo e de que forma é possível chegar até esses clientes.

Entenda que essa dica é diferente de dizer que não é permitido empreender em áreas onde você não possui conhecimento algum.

É possível, sim, investir em algo novo, mas antes é necessário pesquisar, conhecer a fundo as possibilidades e tudo o que a abertura de um negócio naquele nicho demanda.

Não priorizar a organização financeira 

Até que um negócio de fato a gerar lucros esse processo pode, sim, demorar, mas isso não significa que as finanças precisam ser desorganizadas.

É importante criar planilhas de entradas e saídas, controlar os gastos com matérias-primas, o quanto é investido em marketing e propaganda e contabilizar os lucros, por exemplo.

A integração de um sistema ERP também é uma possibilidade interessante, já que com essa ferramenta você saberá de onde vem e para onde vai o dinheiro do negócio.

A organização financeira é muito mais complexa e abrangente do que isso, mas o que mencionamos é apenas um pontapé inicial que consegue ilustrar a importância desse aspecto para empreendedores iniciantes.

Não separar os gastos pessoais com as finanças da empresa 

Sabemos que tudo que é novo demanda um esforço para se adequar para aquela nova realidade e isso pode levar um tempo.

Mas quando falamos em empreendedorismo, um dos pontos principais é saber separar os gastos pessoais com as finanças da empresa que está se consolidando.

A falta de controle nessa divisão pode gerar problemas financeiros com graves consequências e por isso é crucial não misturar as contas. 

Não ter um plano de negócio definido

De forma bastante resumida, um plano de negócio pode ser explicado como um documento que descreve extremamente descrito que irá conter os objetivos de um negócio irá listar também quais serão os passos para que esses objetivos sejam alcançados.

A criação desse plano possibilita um olhar estratégico e abrangente, por mais que seu conteúdo possa não ser seguido fielmente.

Na maioria das vezes um plano de negócio é feito por:

  • Análise do mercado, com um estudo sobre os produtos e serviços da concorrência; 
  • Planejamento financeiro, investimento inicial no negócio, qual será a previsão gastos mensais segundo pesquisas de preços com fornecedores; 
  • Plano de marketing, contendo uma estratégia detalhada de divulgação, que canais serão utilizados para a promoção do produto ou serviço, quais são os diferenciais, que linguagem será utilizada com o público; 
  • Plano operacional, vendas, estoque, entrega, distribuição.

Se você é um empreendedor e está iniciando o seu negócio, nós da BQ Escritórios e Coworking sabemos que esse começo pode ser desafiador e para isso criamos o Metro³ BQ, uma iniciativa que considera as necessidades atuais da sua empresa, independente de qual seja.

Acesse o nosso site para saber mais!

Notícias relacionadas

25 de Janeiro 2024
Empreendedorismo
Empreendedorismo digital: o que é, vantagens e como os coworkings podem ajudar

Empreendedorismo digital: o que é, vantagens e como os coworkings podem ajudar

Saiba o que é empreendedorismo digital, as principais vantagens de empreender no meio online e como os coworkings podem....

Leia Mais
21 de Dezembro 2023
Empreendedorismo
Intraempreendedorismo: saiba o que é e como estimular essa prática

Intraempreendedorismo: saiba o que é e como estimular essa prática

Descubra o que é intraempreendedorismo, como ele impulsiona a inovação interna e obtenha dicas para estimulá-lo na ...

Leia Mais
19 de Outubro 2023
Empreendedorismo
Empreendedorismo e inovação: as tendências que vão marcar 2024

Empreendedorismo e inovação: as tendências que vão marcar 2024

Empreendedorismo em 2024: nomadismo digital, economia compartilhada, IA e ações sociais estarão em alta. Conheça ...

Leia Mais
23 de Junho 2022
Empreendedorismo
Dicas para ser um empreendedor de sucesso

Dicas para ser um empreendedor de sucesso

Confira cinco dicas fundamentais para quem deseja iniciar um negócio próprio e se tornar um empreendedor de sucesso...

Leia Mais