11 de Janeiro 2019

Como abrir uma microempresa

Como abrir uma microempresa

O começo do ano é a época em que a maioria das pessoas decide tirar os sonhos e planos do papel, inclusive aquelas que têm o desejo de empreender. Ter seu próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros, mas só em pensar nas etapas para abrir uma empresa, alguns já começam a ter pesadelos, já que para isso é preciso ter muito mais do que apenas a vontade e o investimento necessários. Para garantir que seu negócio esteja pronto para operar de acordo com as exigências legais e que a empresa esteja totalmente dentro da lei, é preciso seguir algumas etapas de registros e regularizações. Confira no post de hoje como esse processo é realizado e dicas que podem te auxiliar!

Qual a diferença entre MEI e ME?

Antes mesmo de pensar em como abrir uma microempresa, é preciso saber o que caracteriza um negócio como tal, já que em alguns casos, seu negócio pode se enquadrar como microempreendedor individual (MEI).

 

Uma microempresa (ME) é formada por sociedade empresária, simples ou por atuação individual do empreendedor e que tem faturamento dentro de um limite estabelecido pelos órgãos competentes. As microempresas podem ter faturamento máximo de R$ 360 mil. Acima desse valor, a empresa já é considerada uma empresa de pequeno porte (com faturamento até R$ 3,6 milhões) e regras diferentes passam a ser aplicadas. Uma das vantagens de ser microempresa é poder participar de licitações. Além disso, o empresário passa a ter acesso a empréstimos empresariais.

Já o MEI é a modalidade de negócio que só permite um funcionário. A renda anual deve ser de, no máximo, R$60 mil, e o empreendedor não pode ser sócio em outro negócio.

A diferença entre MEI e ME depende do momento de vida do empreendedor. O mais importante é buscar a regulamentação sempre, pois ela garante direitos ao empresário, além de possibilitar seu crescimento empresarial.

Como se tornar um ME ou MEI?

MEI – Microempreendedor Individual

O empreendedor pode acessar o site do Portal do Empreendedor. Nele é possível se cadastrar e obter o CNPJ e o cadastro na Junta Comercial de forma imediata. O Microempreendedor Individual pode ter até 16 atividades diferentes cadastradas em seu CNPJ, uma como atividade principal e outras 15 atividades secundárias.

Para obter o CNPJ MEI, é preciso informar seus dados pessoais, além de alguns documentos específicos como:

  • Número do CPF;
  • Título de eleitor ou recibo da última declaração do imposto de renda, caso tenha declarado nos últimos dois anos;
  • CEP da residência e do local onde exercerá sua atividade;
  • Número de celular ativo para receber SMS de verificação na hora da abertura.


Microempresa

As exigências para um microempresário são um pouco maiores que as de um MEI e variam de estado para estado.

Com relação à documentação o empreendedor terá que providenciar:

  •       contrato social, com o visto de um advogado;
  •        documentos pessoais dos sócios, se for o caso;
  •        requerimento padrão (Capa Junta Comercial);
  •        ficha nacional de cadastro;
  •        pagamentos de taxas por meio da DARF;
  •        autorização do município.

Dicas para abrir uma empresa

Se você está disposto a investir em um negócio próprio, é importante levar em consideração algumas orientações na hora de montar sua empresa.

Analise a viabilidade

Uma ideia que parece revolucionária no começo, pode acabar se tornando um fracasso caso não seja feito um rigoroso estudo do mercado prévio. Com essa análise, além de identificar os futuros clientes e suas necessidades, apresentando soluções reais para elas, o empresário deve conhecer os serviços e preços praticados pela concorrência. Dessa forma, ele será capaz de desenvolver seu diferencial para se destacar no mercado e evitar possíveis complicações futuras.

Defina o capital inicial

O cálculo do capital inicial deve levar em consideração todos os recursos essenciais para dar início às atividades, que vão desde a aquisição de mercadorias e máquinas, até gastos com produtos. Manter um capital de giro para as despesas dos primeiros meses também é uma boa forma para evitar futuras dores de cabeça.

Conheça os custos do seu negócio

Muitos empreendedores iniciantes, por falta de conhecimento do mercado, não conseguem enxergar todos as despesas que terão durante as suas atividades. Gastos como o local da empresa devem ser levados em consideração na hora de contratar, por exemplo. Por isso, é ideal considerar opções que facilitem esse processo inicial, investindo em alternativas que não comprometam o caixa da empresa.

Coworking para MEI e ME

Para quem decidiu se aventurar no mundo do empreendedorismo, a ideia de diminuir qualquer custo é bastante atraente. Ter um local próprio muitas vezes gera despesas que não podem ser supridas por empresas que estão no começo de suas atividades, gerando dívidas ou até mesmo o fechamento do negócio. Por isso, existem alternativas modernas e mais baratas que podem contribuir para quem precisa de um espaço de trabalho, como os coworkings.

O coworking se baseia na ideia de compartilhar o espaço de trabalho com outras pessoas, que na grande maioria das vezes, realizam funções, de variadas áreas. Essa nova forma de laboração é bastante estimulante e vem crescendo muito, frente à crise econômica, política e social em que vivemos atualmente.

Neste espaço, o profissional tem a possibilidade de praticar suas atividades em um ambiente inspirador, além de ter a chance de exercer a interação direta junto a várias pessoas, de esferas diferentes, enriquecendo assim sua experiência profissional.

Notícias relacionadas

08 de Fevereiro 2024
Coworking
6 razões para migrar definitivamente para um coworking

6 razões para migrar definitivamente para um coworking

Coworking é mais do que um lugar para trabalhar. Descubra os motivos para migrar definitivamente para um coworking...

Leia Mais
09 de Novembro 2023
Coworking
Trabalho presencial: um diferencial competitivo para profissionais e empresas

Trabalho presencial: um diferencial competitivo para profissionais e empresas

O trabalho presencial traz benefícios para o desenvolvimento profissional e pessoal. Saiba como a proximidade física ...

Leia Mais
25 de Outubro 2023
Coworking
Coworking e Anywhere Office: unindo o útil ao agradável

Coworking e Anywhere Office: unindo o útil ao agradável

Trabalhe onde quiser com o anywhere office. Entenda como o coworking oferece flexibilidade profissional e acesse dicas ....

Leia Mais
12 de Outubro 2023
Coworking
Aluguel de sala por hora: uma possibilidade econômica e repleta de vantagens

Aluguel de sala por hora: uma possibilidade econômica e repleta de vantagens

Otimize seu espaço de trabalho: entenda como o aluguel de sala por hora oferece flexibilidade e acesso a serviços ...

Leia Mais