BQ Escritórios em Inglês BQ Offices - English

Bom momento do Mercado Offshore traz oportunidades para Macaé

Negócios

O ano de 2019 tem se mostrado promissor para o mercado offshore. Em março, o primeiro trimestre fechou com o anúncio de dois grandes leilões programados para outubro e novembro: a 16a rodada e o 6o leilão do pré-sal, respectivamente. Já em junho, o segundo trimestre caminha para seu fim, com a marca de uma das maiores altas no valor do petróleo até o momento.  

Cenário internacional favorável

No mês de abril de 2019 o valor do petróleo atingiu seu maior índice em 5 meses, devido a cortes da OPEP, sanções dos EUA e impasses com a Líbia. No início do mês de junho o valor fechou em alta novamente, após ser noticiada uma redução na quantidade de poços ativos nos Estados Unidos. Segundo a companhia Baker Hughes, com uma queda em 11 unidades, chegou-se a 789 poços ativos de petróleo de xisto nos Estados Unidos.

Produção nacional crescente

O Brasil é hoje o 9º país com maior capacidade de produção de petróleo no mundo e sua produção é crescente. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a produção média de petróleo cresceu em abril, pelo segundo mês seguido.

No quarto mês de 2019, a produção de petróleo foi de 2,604 milhões de barris por dia (bbl/d), um aumento de 1,7% em relação a março e de 0,3% se comparado com abril de 2018.

O crescimento da produção de gás natural não ficou atrás, alcançando 113 milhões m³/d, o que representa alta de 1,3% na comparação com março e de 3,8% em relação a abril de 2018.

Somadas, as produções de petróleo e de gás no Brasil totalizaram 3,314 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

Rio de Janeiro e Macaé no foco dos investimentos de óleo e gás

A Indústria do Petróleo é responsável por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado do Rio de Janeiro. Grande parte dos investimentos nesse setor estão concentrados no estado.  

O encontro da Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro), realizado em maio de 2019 em Macaé, reuniu grandes operadoras offshore para discutir estratégias visando ampliar a capacidade de produção nas reservas situadas na Bacia de Campos e a retomada das operações do setor de óleo e gás em Macaé.

Na ocasião da reunião, o secretário executivo da Abespetro, Gilson Coelho, apontou que nos próximos sete anos, cerca de R$ 285 bilhões serão investidos no Estado do Rio para elevar ainda mais a produção das reservas. O investimento poderá gerar até 700 mil empregos no período:

“A indústria está preparada para reativar as operações de óleo e gás, através dos investimentos previstos pelas operadoras. Além dos leilões da ANP, a estratégia de revitalização dos campos maduros amplia a oferta de petróleo para produção, o que eleva a participação do Brasil no mercado mundial de óleo e gás”, explicou Gilson.

Macaé se mantém no topo do ranking das cidades que mais arrecadam com os repasses mensais dos royalties desse mercado. Superando a oscilação dos preços entre março e abril, em maio o município contou com a entrada da parcela de R$ 51,3 milhões, a mais alta registrada neste ano e recebeu cerca de R$ 687 milhões  referente à cota da Participação Especial do petróleo.

Até maio de 2019, Macaé alcançou receitas do petróleo que somam mais de R$ 50 milhões, dinheiro que permite ao governo investir em infraestrutura e serviços públicos visando colocar o município entre os mais cotados do mercado Offshore Brasileiro.

O investimento em infraestrutura para atrair oportunidades foi um dos aspectos destacados na reunião da Abespetro por Gilson Coelho: “Macaé já está respirando esses novos ares. E a cidade possui estrutura para atender essa dinâmica do petróleo, como a melhoria no sistema de mobilidade através da construção da Estrada de Santa Tereza, a ampliação do Aeroporto e a instalação do novo porto. Estamos caminhando para um novo momento”.

Nessa fase de retomada do crescimento, o mercado offshore oferece oportunidades únicas de negócios e as empresas que quiserem se aproveitar esse momento devem adotar uma postura flexível e estar próximas dos centros de decisões.

Serviços

compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

postagens relacionadas

Negócios

Vantagens e desafios do Home Office na prática

O Home Office é um formato de trabalho a distância que tem crescido devido aos avanços tecnológicos. Conheça seus pr...

leia mais
Negócios

Petróleo impulsiona empregos no Rio de Janeiro

Otimismo com as perspectivas de crescimento do mercado offshore amplia a criação de novos negócios e postos de trabalho em 2019....

leia mais
Negócios

Mercado offshore no Rio de Janeiro: saia na frente e lucre.

Cenário produzido pela retomada do bilionário negócio de exploração de petróleo no Rio de Janeiro cria ambie...

leia mais

sobre a BQ

A BQ é uma empresa gerenciadora de escritórios, uma solução eventual ou permanente, adequando espaço e serviços de acordo com a conveniência do cliente.

inscreva-se

Receba nossos conteúdos exclusivos.

Rio de Janeiro 3231-9000 |

Macaé 3723-5400

solicite um orçamento
Rio de Janeiro Macaé