BQ participa da Oitava Edição do “Brasil Offshore”, em Macaé, e você é o nosso convidado especial

Blog

BQ participa da Oitava Edição do “Brasil Offshore”, em Macaé, e você é o nosso convidado especial

(08/06/2015)
Categoria:
Venha conhecer e experimentar soluções de redução de custo para seu escritório e ganhe descontos especiais.
Estaremos lhe esperando no Stand: R67
Macaé (RJ) – A estrutura da Feira Brasil Offshore 2015, considerada a terceira maior de mundo, já está sendo montada em Macaé (RJ). Serão 45 mil metros quadrados para receber empresas do mundo inteiro no Centro de Convenções José Roberto Marinho de Macaé. O evento começa no dia 23 de junho com grandes expectativas, já que acontece em meio à crise do petróleo. Empresários e organizadores acreditam que o período da feira vai ser uma oportunidade para fortalecer o setor que oferece um produto de interesse mundial. O petróleo é usado atualmente em mais de seis mil produtos e 80% da produção nacional está na Bacia de Campos.
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Vandré Guimarães, a Feira Brasil Offshore é o grande momento do óleo e gás. “Ela é a primeira feira internacional que acontece no Brasil e nesse momento vai ser um termômetro do mercado. Para Macaé, é um diferencial ter esse evento aqui”, disse.
Além de gerar negócios, a feira serve principalmente para trocar experiências e discutir assuntos sobre o setor offshore, que neste momento vive um período difícil. Até o momento, 700 empresas confirmaram presença, inclusive a Petrobras.
A Brasil Offshore acontece em meio a uma das maiores crises ligadas ao setor petrolífero. O preço do barril do petróleo, que já custou $115, chegou a $45 e as cidades produtoras tiveram diminuição dos repasses dos royalties. A feira pode ser uma oportunidade de fortalecimento e reflexão.
Em 2013 o evento reuniu cerca de 50 mil pessoas e 700 expositores. Em geração de negócios, totalizou uma média de R$ 500 milhões. Já para essa edição, mesmo com esse cenário de crise, a organização espera um crescimento.
Fonte:G1